"O espírito do caboclo repousa nas cordas de uma viola."
Nelson Mortoni

Padrinho Pereira da Viola


PADRINHO

O Violeiro, “cantadô” e compositor, Pereira da Viola nasceu em São Julião, pequena comunidade rural do Vale do Mucuri, norte de Minas Gerais. Em seus 17 anos de carreira, Pereira tem cinco CD´s lançados: Terra Boa, Tawanará, Viola Cósmica, Viola Ética e Akpalô.

Pereira da Viola cresceu em um ambiente humilde, mas de grande riqueza cultural, impregnado pela cultura afro-indígena e pelos sons das folias. Seu pai, João Preto, era sanfoneiro e sua mãe Augusta, líder e cantadeira nas festas do reisado. Aos 11 anos, tornou-se autodidata em violão. Com 14 anos, começou a se apresentar em shows de calouros, sendo premiado em todos.

Em 2003, Pereira promoveu o Encontro Nacional de Violeiros, em Ribeirão Preto. O evento recebeu 10 mil pessoas e resultou na criação da Associação Nacional dos Violeiros do Brasil, da qual foi eleito seu primeiro presidente, por aclamação. Esta entidade busca valorizar a cultura Caipira e lutar por melhores condições de trabalho para a categoria.

Em 2005, Pereira partiu para uma turnê pela Venezuela, onde representou o Brasil no Festival da Canção Necessária.

Em 2006 participou do “CinePort”, festival de cinema dos países lusófonos, e do Festival “Rotas”, ambos realizados em Portugal.

Em 2007 lançou o seu quinto álbum, batizado “Akpalô” que, em nagô, significa “contador de histórias, aquele que guarda e transmite a memória do seu povo”. Sem dúvida, o nome retrata com maestria a influência da cultura do Vale do Mucuri na trajetória e no trabalho do artista, bem como sua importância como porta-voz da região.

 

INTEGRANTES
Confira os integrantes do grupo e instrumentos tocados por eles.

 

VEJA O BLOG
Acompanhe as atividades e fotos
no blog de Oliveira Neto.

 

INFORMAÇÕES
Saiba as informações sobre
toda a estrutura do show.

 

CONTATO
Preencha o formulário de email
ou ligue para o telefone.

 
 
Copyright©cordasdamantiqueira.com.br
Todos os direitos reservados